AirBnb: o que é, como funciona + CUPOM de DESCONTO

Bom, se você nunca ouviu falar de Airbnb… Deveria se perguntar “de que planeta eu vim?!”…

Sim! Porque a Airbnb é, basicamente, a forma mais popular de se hospedar se você quiser fugir dos tradicionais hotéis. Ela é uma plataforma online que conecta hóspedes com anfitriões ao redor do mundo. Nela você pode encontrar anúncio de acomodações e hospedagem de diversos tipos e para todos os gostos e bolsos. Desde apartamentos, casas, quartos, castelos, fazendas, mansões, casas na árvore, bangalôs, tendas… São inúmeras as opções e é isso que torna a Airbnb tão legal! De uns tempos pra cá, a plataforma evoluiu, deixou de ser apenas sobre hospedagem e agora também disponibiliza anúncios com oportunidades de aventuras e experiências em todos os lugares do mundo.

Como nômades digitais, podemos dizer que a Airbnb é a nossa casa! Entre outros métodos de acomodação que falamos aqui, ele é o principal que usamos nos nossos destinos!

Uma pausa para um pouco de história…

O nome “BNB” vem do termo em inglês “Bed and Breakfast” que significa Cama e Café da Manhã, as populares pousadas, que oferecem uma experiência mais aconchegante, no estilo “Lar Doce Lar”. A Airbnb foi fundada em agosto de 2008 por Brian Chesky, Joe Gebbia e Nathan Blecharczyk em São Francisco, na Califórnia. Esses três amigos designers dividiam um apartamento em São Francisco e queriam participar de uma feira internacional que aconteceria na cidade, porém estavam duros demais para pagar pelos ingressos. Quando descobriram que as acomodações e hotéis da cidade já estavam lotados e os visitantes não paravam de chegar, compraram colchões de ar (daí o “air” – ar, em inglês) e alugaram as camas com café da manhã para quem buscava lugar para ficar durante a feira. No fim das contas, eles conseguiram pagar pelos ingressos e ainda fundaram a startup que é a maior rede de acomodações do mundo e vale mais de U$ 30 bilhões.

Agora, voltemos ao que interessa!

As vantagens de ficar em um Airbnb são inúmeras! A começar pelo custo. Quase sempre as acomodações são bem mais baratas do que ficar em um hotel. Além disso, nos hotéis você só tem o quarto e banheiro privativos… Eles podem até ter salão de jogos, academia, lounge, restaurante, mas nunca serão só seus, sem falar nas taxas de turismo que você é obrigado a pagar. Numa casa, você tem a privacidade de estar num lugar só seu, fazer sua comida (olha mais economia aí), lavar a roupa, relaxar no sofá da sala, assistir um Netflix… E dá pra encontrar acomodações pra 18 pessoas ou mais… Imagina dividir um casarão com os amigos nas férias? Além de divertido, a conta final fica cada vez menor!

Na hora de buscar, o mais legal na minha opinião, são os filtros da plataforma. Você pode selecionar visualizar apenas acomodações com Wi-Fi, cozinha, seguras para crianças, pet-friendly, tipo de lugar (casa, barco, ilha, iglu..), máquina de lavar roupas, piscina, jacuzzi, aquecimento central, beira-mar, café da manhã, além de determinar o preço que você quer pagar. Assim, fica muito simples de encontrar o lugar perfeito pra você!

As casas estão completamente prontas para serem usadas. Tem roupa de cama, banho, decoração, utensílios de cozinha, aparelhos domésticos, materiais básicos (papel higiênico, sabonete, detergente…), mas o que eu gosto mesmo é de poder explorar cada cantinho do lugar. Normalmente o host deixa DVDs, livros, jogos, violão… Alguns deixam até mimos como frutas, chocolates e vinho!

No site você encontra milhões de locais para ficar em quase todos os lugares do mundo. De casas hollywoodianas no Caribe, castelos medievais na Itália, iglus na Finlândia, cavernas na Suíça, barcos na Flórida e ocas na Amazônia.

Com o cupom acima você ganha R$ 179,00 em créditos para usar na sua primeira viagem! É só clicar e seguir os passos.

Como funciona?

Quando você acessa o site, consegue visualizar todas as ofertas de hospedagens disponíveis, porém só será possível utilizar a plataforma quando você fizer o cadastro gratuito. Então, o primeiro passo para encontrar a sua melhor hospedagem é criando uma conta aqui.

O Anfitrião

O host ou anfitrião, nada mais é do que o “dono do lugar” que você vai alugar. Ele pode ser alguém que tem uma casa que só usa em temporadas e disponibiliza durante um determinado período, pode ser alguém que tem um quarto livre e deseja receber viajantes ou até mesmo um investidor – sim, porque hoje em dia isso virou um business e tem muita gente que vive apenas de comprar imóveis, prepará-los e alugá-los no Airbnb!

O Host cadastra um perfil no site, com fotos da sua acomodação, a descrição completa dela, de todos os itens inclusos na hospedagem e tudo que o hóspede precisa saber para escolher aquela opção. Você vê que um host é cuidadoso quando ele se preocupa em ter fotos bonitas, preparando o ambiente adequadamente para ser o mais atrativo possível. Ninguém vai querer se hospedar em um local escuro, aparentemente sujo e mal decorado, né?!

O Host está sempre disponível, via chat, para tirar suas dúvidas sobre a acodomação e também sobre a região. Ele pode te dar as dicas dos melhores lugares para visitar, onde pegar transporte público, táxis, supermercados, restaurantes, etc. Existem até os que se oferecem pra te buscar no aeroporto ou estações próximas – não que seja uma obrigação.

E ele é o responsável por manter tudo funcionando dentro da acomodação. Se acabou o gás, quebrou um chuveiro, a casa não está limpa como nas fotos, é ele que vai resolver pra você. Manter você satisfeito e feliz é a missão do host para que você tenha uma excelente experiência, volte outras vezes, indique para os amigos e dê uma boa avaliação após a hospedagem.

O Hóspede

O hóspede é, no caso, você! Que está viajando e precisa de uma acomodação confortável, mais aconchegante e menos fria do que um hotel. Que busca por privacidade e espaço para a família. Que prefere economizar cozinhando em casa. Que não abre mão de levar o pet nas aventuras.

Quando criar sua conta, é importante que você preencha com todas as informações possíveis para que o host saiba para quem ele está disponibilizando a sua casa. Um breve resumo sobre você, uma foto, onde mora, com o que trabalha, línguas que fala, além da conta no Facebook, telefone e-mail, que ajudam a verificar que você é você mesmo! Por falar em língua, pode escrever em português mesmo porque a plataforma traduz automaticamente para a língua falada pelo Anfitrião.

É extremamente importante que você seja um bom Hóspede, já que o Anfitrião também vai avaliá-lo com uma nota e comentários. Cuide bem da casa, melhor do que se fosse a sua, respeite as regras impostas pelo Anfitrião e mantenha a comunicação com ele, caso haja algum imprevisto durante sua hospedagem.

Buscando as melhores opções

Depois de preencher o seu perfil, é só começar a busca usando os diversos filtros para escolher a acomodação que atenderá melhor as suas necessidades e seu estilo de viagem. Existem vários campos que te permitem filtrar as opções pra que você escolha exatamente o que mais se encaixa no seu estilo de vida e estilo de viagem.

Você começa definindo o período da sua viagem no campo “Datas”, quantos vão viajar em “Hóspedes” e pode – ou não – selecionar a média de valor que pretende gastar por noite. Seleciona o Tipo de lugar (espaço inteiro, quarto inteiro, etc) e assim vai…

Normalmente eu filtro por “Cozinha”, “Wi-Fi” e “Máquina de Lavar”. Esses três são os itens essenciais para a nossa família. Dependendo do lugar, também incluio “Piscina” ou “Beira-mar”.

Leio e releio com bastante atenção toda a descrição do anúncio, confirmando se tem utensílios de cozinha e itens básicos como lençóis e toalhas (afinal, somos nômades e nunca carregamos isso com a gente, por causa da bagagem!). Vejo todas as fotos, as regras da casa, o horário de check-in e check-out, a localização, o que tem em volta de comércio – já que também não temos carro – e, por fim, checo a avaliação do host e a opinião dos hóspedes anteriores – quanto mais avaliações, melhor! Mesmo que haja algum comentário negativo, é legal ver sobre o que se trata, se é muito antigo e, possibilita eu checar antecipadamente com o Host sobre a situação anterior. Por exemplo, há uma reclamação de um hóspede há 2 anos atrás dizendo que faltavam toalhas de piscina, então eu já me antecipo contatando o Host e questionando se existem toalhas de piscina disponíveis na acomodação. É normal ter uma ou outra avaliação negativa, nem Jesus agradou a todos, mas é possível se precaver de situações com antecedência se tiver cuidado e atenção.

Falando com o Anfitrião e Negociando o valor

Quando você seleciona as datas e a quantidade de hóspedes, o preço final da sua reserva é recalculado. Claro, assim como num hotel, se você estiver só, você paga menos do que se você estiver em quatro pessoas – afinal é mais uso, mais sujeira, mais gastos de luz, água, gás, etc…. Mas, calma, nem tudo está perdido!

Antes mesmo de reservar, é possível entrar em contato com o Host e eu indico fortemente que você faça isso, já te explico o porquê.

Clique no link “Fale com o anfitrião” e envia uma mensagem se apresentando e dando alguns detalhes do motivo da viagem, sem efetuar a reserva. Seja o mais educado e cordial que você souber ser, esse é o momento que o Anfitrião deve pensar “Uau, quero esse hóspede na minha acomodação!”, lembre-se que Airbnb é uma troca de serviços!

Nesta mensagem você também pode negociar o valor, afinal tudo na vida é negociável e se o anfitrião gostar de você, não lhe custa muito reduzir alguns poucos reais em troca de um bom hóspede, certo? E quanto mais tempo você for passar, maior desconto você vai conseguir, o que quer dizer que dificilmente você conseguirá alguma grande barganha se for passar só um final de semana… mas se for baixa temporada, ainda dá pra tentar.

Aqui deixo um exemplo de como escrevo as minhas mensagens, após selecionar 5 ou 6 das melhores acomodações para nós. Confira!

Ah, importantíssimo!

Procure saber se o Anfitrião não cobra taxas extras por períodos longos (mais de 5 dias). Já vi várias acomodações em que o Host cobra à parte a diária de luz, água, gás, até Wi-Fi e, muitas vezes, essas informações estão escritas na língua nativa deles, dificultando sua identificação – use a ferramenta “Traduzir” do próprio site.

E nem tente trocar informações pessoais como telefone, e-mail, whatsapp, com o Anfitrião antes de finalizar o pagamento. Alguns espertinhos fazem isso, o ‘por fora’, na tentativa de diminuir o valor da hospedagem por não precisar pagar a taxa de serviço do site. O Airbnb apaga as mensagens instantaneamente e, tanto você como ele podem ser banidos da plataforma. Além de ser ilegal, não é seguro pra você, nem para o host.

Finalizando a reserva

Após a resposta do host confirmando a reserva, você efetua o pagamento, que pode ser feito pelo Cartão de Crédito à vista ou parcelado. Com o pagamento aprovado, você já consegue visualizar os dados do seu anfitrião, como telefone, e-mail e também o endereço exato.

Check In, Check Out e Política de Cancelamento

Existem duas maneiras de fazer o Check in… Sendo recebido pelo anfitrião (ou um terceiro responsável pelas chaves) ou pelo Self Check in, onde você pega a chave com o porteiro ou através de uma caixinha eletrônica como essa da foto. Na hora de fazer o Check in você confere se tudo o que estava anunciado está disponível e aproveita sua estadia!

É possível cancelar sua reserva a qualquer momento, porém você poderá ser cobrado em partes por isso. A política de cancelamento de reserva é definida pelo anfitrião. A maioria oferece de 24 a 48 horas após efetuada a reserva, sem nenhum custo e apartir desse período, uma porcentagem do pagamento é retida. Outros oferecem cancelamento gratuito até 3 dias antes da hospedagem.

O pagamento é feito ao Host somente 24 horas depois que você fez check in, então se houver algum problema você ainda pode desistir sem ser cobrado, se entrar em contato com a central do Airbnb pelo telefone antes das 24 horas depois que você pegou as chaves e fez check in. Eu mesma já tive uma experiência ruim, na qual a culpa foi minha, mesmo assim o Airbnb me reembolsou o valor das diárias que eu não usei. Conto tudo aqui.

Avaliação

Após o check out você e o Anfitrião devem deixar uma avaliação sobre a hospedagem. Isso fica no seu perfil para que outras pessoas possam ver como foi sua experiência naquela casa e como você se comportou como hóspede. É importante deixar avaliações verdadeiras, por que assim os futuros hóspedes e anfitriões saberão melhor como será a experiência deles.

Lembre-se de sempre checar a reputação do host e as avaliações dos hóspedes. O Airbnb é extremamente criterioso e leva muito a sério o feedback dos usuários.

Nossas Experiências

Por aqui usamos Airbnb há mais de 3 anos e adoramos! Ainda não encontramos nenhum site de hospedagem que seja melhor e mais seguro para o nosso estilo de vida do que ele. Já tivemos sim uma experiência ruim, mas foi um aprendizado e todas as demais foram sempre excelentes. Adoramos estar inseridos na vida local, próximos dos costumes locais e longe daquele clima de “hotel e turista”. Sem falar que alguns hosts se tornaram verdadeiros amigos!

Não esqueça usar o CUPOM DE DESCONTO PARA GANHAR 179 REAIS NA SUA PRIMEIRA RESERVA NO SITE!

Mais posts que podem ser interessantes pra você sobre Airbnb:

Nossa experiência Airbnb de 1 mês na Tailândia.

Nossa primeira experiência em grupo em Campos do Jordão/SP.

Nessa primeira experiência ruim no Brasil com Airbnb.

Nossa experiência em grupo em Surf Paradise/Austrália.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s